O turismo ecológico ou ecoturismo trata-se, segundo o Ministério do Meio Ambiente, de uma atividade turística que utiliza, de maneira sustentável, o patrimônio natural, incentivando sua conservação e promovendo uma consciência ambiental de forma que a também cultura e os costumes locais sejam preservados e valorizados.

 

Neste tipo de turismo, diferente do tradicional, você deve ter uma participação ativa, ou seja, você não vai apenas observar os arredores, a ideia principal é que com o ecoturismo você tenha uma imersão no meio ambiente com experiências mais interativas, como mergulhar em piscinas naturais e caminhar em meio a fauna e a flora locais, de maneira consciente para que as áreas exploradas se mantenham protegidas, limpas e preservadas, mantendo uma relação sustentável com a natureza. 

 

Além de proporcionar experiências interativas, a proposta do ecoturismo é também que durante os passeios os turistas tenham a oportunidade de enriquecer seus conhecimentos acerca de curiosidades sobre o povo local e seus costumes, além de aprender sobre a fauna e flora e qual a melhor maneira de preservar o ambiente, promovendo então uma educação ambiental. 

 

Para que seja realmente turismo ecológico não basta apenas proporcionar algum tipo de interação com a natureza, é importante que sigam as principais regras que este tipo de turismo requer: ele deve respeitar a comunidade e valorizar a economia local, também deve prezar pela preservação do meio ambiente e pela educação sustentável dos turistas. 

 

Depois de tanto tempo isolados devido a pandemia da Covid-19 este é o tipo de turismo mais recomendado e o Chile é o destino perfeito. A Sousas Tour oferece diversos passeios turísticos ecológicos para que você tenha uma experiência completa na natureza, renovando suas energias e aprendendo muito mais sobre o meio ambiente, incorporando a sustentabilidade e o respeito à cultura dos povos locais na sua rotina. 

 

Acompanhe os próximos posts para descobrir como fazer ecoturismo no Chile com a Sousas. 

 

Texto por Najla Amine


Deixe seu comentário


Open chat