Ambas as formas de transportar-se pela cidade podem ser seguras, se usadas com os cuidados necessários.
Além dos transportes privados, você também pode se locomover pela cidade fazendo uso do transporte público. 

 

Os taxistas não possuem uma fama muito boa com os turistas, algumas das reclamações mais frequentes são: taxímetros alterados, taxistas grosseiros, motoristas alegando que receberam uma nota menor do que a que o turista entregou, etc. A melhor solução é sempre ter em mãos dinheiro trocado; ser bastante claro ao passar a nota e sempre perguntar antes mesmo de entrar no veículo, qual é o valor aproximado da corrida.

 

O Uber funciona bem na cidade, mas aqui no Chile ainda não é uma empresa legalizada, por isso sentar no banco do passageiro, ao lado do motorista, é uma boa estratégia para passar despercebido pelos carabineros (polícia chilena). Geralmente a corrida sai mais barata e também já se tornou mais seguro para os turistas.

 

Transfer aeroporto:

Para começar o sonho da sua viagem da melhor maneira, a primeira coisa que devemos garantir é a segurança na hora da chegada no destino: contratar um bom transfer até seu hotel.
Nesse caso, recomendamos contratar um transfer privativo ou coletivo com uma empresa certificada. Busque suas referências em plataformas seguras, como o Tripadvisor antes de contratar seu transfer.  

 

A Sousas Tour recomenda a sua linha exclusiva de Transfers: a Vem me Buscar.

Quais são as vantagens?

– Transfer com seguro de passageiros e certificados pelo MTT;

– Conforto, comodidade e segurança;

– Água mineral, ar condicionado e Wifi durante a viagem; 

– Cadeirinha para crianças ou cadeira de rodas, sem custo adicional;

– Motoristas profissionais falando português;

– Atendimento 24 horas;

– Kit de boas-vindas.

 

Entre no site e faça um orçamento rápido e sem compromisso.
É muito fácil e se gostar, é só reservar!