Está indo viajar para descansar, para estudar ou a trabalho? Em todos esses casos ou em qualquer outro, imprevistos sempre podem acontecer e passar por eles pode ser mais tranquilo e barato se você tiver o suporte certo. 

 

Com sua passagem agendada e hotel reservado, o passo seguinte é encontrar uma agência de viagens que fale a sua língua e que tenha assistência 24h, como é o caso da Sousas Tour, ela pode te amparar em momentos que não foram planejados e ajudar para que você possa passar por eles com mais facilidade durante a viagem, contudo, agências receptivas não possuem o mesmo papel que o seguro. 

 

Então depois que tudo está planejado, surge sempre aquela dúvida: vale a pena contratar seguro viagem?

 

Bom, isso vai depender de cada um, mas como dissemos, em qualquer viagem, principalmente as internacionais, imprevistos sempre podem acontecer. Desde uma dor de barriga depois daquela comida local que não estamos acostumados, a uma perna quebrada depois de tropeçar na rua. 

 

Em países como o Chile, qualquer instrumento utilizado no hospital será cobrado de você, a não ser que possua o seguro viagem, que vai funcionar como um plano de saúde temporário. Dependendo do plano que contratar, ele pode te amparar em outras situações bastante corriqueiras no aeroporto, como um voo perdido ou extravio de bagagem. 

 

O seguro viagem é daquelas coisas que a gente contrata torcendo para não precisar utilizar, mas caso precise, ele pode te livrar de muitos problemas. Em alguns países o seguro é obrigatório, apesar de o Chile não ser um deles, a contratação é muito recomendada, pois o destino é bastante explorado para turismo de aventura, como o esqui.

 

Decidiu contratar o seguro viagem e quer saber como escolher a melhor opção? Fique atento aos próximos posts e ao nosso Instagram!


Deixe seu comentário


Open chat